TANGO ARGENTINO
O Tango mistura o drama, a paixão e a sensualidade.

tango

O Tango nasceu nos subúrbios de Buenos Aires, na Argentina, no final do século XIX. Como dança, é “duro”, masculino, sem meneios femininos, a mulher é sempre submissa.

O tango argentino é composto por uma variedade de estilos que se desenvolveram em diferentes regiões e épocas. É dançado por um casal num abraço que pode variar de muito aberto, no qual o líder e seguidor estão à distância do comprimento dos braços, a muito fechado, em que a ligação é peito-a-peito. O tango é, essencialmente, caminhar com um parceiro ao som de uma música. Dançar de forma adequada à emoção e à velocidade da música Tango é extremamente importante.

O Tango Argentino depende fortemente de improvisação; embora certos padrões de movimento tenham sido codificados por instrutores ao longo dos anos como um dispositivo para instruir dançarinos, não há um “passo básico”. Uma das poucas constantes em todos os estilos de dança de tango argentino é que o seguidor geralmente será levado a movimentos de pés alternados. Outra é que o seguidor raramente tem o seu peso em ambos os pés, ao mesmo tempo. Em muitas variações modernas de Tango Argentino, particularmente na Europa, os professores de Tango podem estabelecer um “passo básico” a fim de ajudar os alunos a aprender e ganhar o “sentimento” da dança.